PROTEÇÃO COMPLETA CONTRA RAIOS
   Instalações, Regularizações, Projetos e Laudos Técnicos de SPDA (Para-raios) para as áreas  INDUSTRIAIS - COMERCIAIS - PREDIAIS - RESIDENCIAIS 

                Somos a SPDA Engenharia Ltda®, empresa localizada em Porto Alegre RS especializada há mais de 13 anos em Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas - SPDA (também conhecido como Para-raios).
                Atendemos 100% às Normas Técnicas, Legislações, Regulamentos, Corpo de Bombeiros e Seguradoras.

PROTEGEMOS CONTRA RAIOS: 
   
- Áreas edificadas e seus conteúdos e também áreas abertas; 
- Equipamentos e aparelhos elétricos, eletrônicos e de 
   Informática; 
- Patrimônios culturais, históricos ou insubstituíveis;
- A continuidade do seu negócio ou prestação de serviços;
- E principalmente perdas e ferimentos de Vidas Humanas. 
 
          Atendemos todo o estado do Rio Grande do Sul. 

              Fones: (51) 3235-1533 - Whats: (51) 9 8404-4588 
                                     Porto Alegre RS 

O que fazemos ...

Instalações, Projetos, Laudos e Regularizações de SPDA (Para-raios)

FORNECIMENTO,  INSTALAÇÃO e REGULARIZAÇÃO de PARA-RAIOS

- Instalações e Regularizações de Para-raios (SPDA) com fornecimento de materiais, mão de obra especializada e toda documentação conforme as Normas Técnicas e Legislações Vigentes.

LAUDOS de PARA-RAIOS e ATERRAMENTOS, LAUDOS ELÉTRICOS, TERMOGRAFIA das INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

- Laudos, Vistorias, Inspeções e Medições de Para-raios (SPDA), Aterramentos e Instalações Elétricas com equipamentos Certificados e Calibrados.

ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO de PROJETOS  de PARA-RAIOS.

AVALIAÇÃO DE RISCOS ou da NECESSIDADE de PARA-RAIOS

-  Elaboração de Projetos ou execução de projetos existentes, e Avaliação de Riscos e da Necessidade de Proteção contra Descargas Atmosféricas.

Como fazemos ...

          A  SPDA Engenharia® tem o melhor custo x benefício do mercado e o menor prazo de instalação. Executamos todas as etapas para a Proteção e Segurança  contra Descargas Atmosféricas da sua empresa, comércio, edifício ou residência.
     Utilizamos os métodos tradicionais de para-raios como o Pontas Franklin, Gaiola de Faraday e o Método Estrutural.
     E também o método moderno de Para-raios Ionizantes (não-radioativos) PDI Prevectron3  desenvolvidos e fabricados pela empresa francesa INDELEC S.A.  da qual somos os Distribuidores Credenciados para o estado do Rio Grande do Sul.
     Os Para-raios  Ionizantes PDI Prevectron3  são utilizados há muitos anos em diversos países no mundo, e também no Brasil. Proporcionam maior área de proteção com o menor custo. Com Instalação fácil e rápida e com mínimas intervenções em arquiteturas, telhados, calçamentos e fachadas.
     Não utilizam substâncias radioativas  (que são proibidas  desde 2005) e nem outros  "recursos artificiais" para o seu funcionamento.  Sua operação baseia-se na acumulação e liberação controlada de cargas elétricas estáticas que estão  presentes na atmosfera quando da formação de raios e tempestades. Com isso seu funcionamento é autônomo,  sem baterias ou necessidade de ligação à rede elétrica. 
     É o único sistema de para-raios que protege tanto áreas fechadas (edificadas) como áreas abertas (externas). Conta com Certificações Técnicas Internacionais e  Nacional pela UL Brasil e INMETRO aprovadas para uso no Brasil, além de atenderem 100% todas as Legislações, Normas Técnicas, Corpo de Bombeiros e Seguradoras.          

Para-raios Ionizantes Prevectron3 da INDELEC S.A.

A SPDA Engenharia® é a Distribuidora e Instaladora Credenciada para o estado do Rio Grande do Sul da série de Para-raios Ionizantes (não-radioativos) Prevectron3 desenvolvidos e fabricados pela empresa francesa INDELEC S.A https://indelec.com ), que tem sua matriz e fábrica na cidade de Douai na França.
A INDELEC S.A. conta com mais de 63 anos de experiência em proteção contra raios e com mais de 120 mil sistemas de para-raios instalados no mundo todo e também no Brasil protegendo edificações residenciais e comerciais, plantas industriais, estádios esportivos, infraestruturas de governo e transportes, armazenagens de produtos explosivos e inflamáveis, plataformas marítimas, monumentos históricos, etc.
Com 18 subsidiárias no mundo todo e no Brasil na cidade de São Paulo ( www.indelec.com.br ) conta com mais 13 Distribuidores em diversos Estados do país.

Captor Ionizante Prevectron3

O Captor do Para-raios Ionizante (não-radioativo) PDI Prevectron3 é instalado em mastro sobre a parte mais alta da edificação protegendo áreas abertas e fechadas. 

Instalação dos Para-raios Ionizantes Prevectron3

Instalação típica de um sistema de Para-raios PDI Prevectron3, com um captor, condutores de descida e sistema de inspeção e aterramentos.

Sobre a SPDA Engenharia® ...

Edifício Getúlio Vargas Prime Offices no bairro Menino Deus em Porto Alegre RS, local da sede própria da SPDA Engenharia.
   
      O nome SPDA, que começou de uma forma curiosa, se tornou parte da nossa filosofia.
     Ainda dentro de uma grande empresa, o sócio-fundador da SPDA Engenharia construiu a reputação de encarar e resolver qualquer trabalho, até os que chegavam "abaixo de mau tempo". 
    
Engenheiro Eletricista Cláudio Bernardo Vieira, Sócio-fundador da  SPDA Engenharia, CREA RS 049.493.
     
Daí o nome SPDA, que significa Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas, vulgo "para-raios". 
       Este nome é uma representação exata para o que buscamos em nossos trabalhos: 
      "RECEBER e SOLUCIONAR as demandas dos nossos clientes fornecendo produtos e serviços de qualidade dentro das melhores soluções técnicas e com custos e prazos reduzidos". 

Clientes e Equipe Técnica ...

Nossos Clientes

Estamos orgulhosos de todos nossos trabalhos. Alguns foram feitos para os clientes acima.


Equipe Técnica

Nossos serviços são conduzidos sob a direção e supervisão direta e presencial de nossos engenheiros eletricistas, com emissão de ART-Anotação de Responsabilidade Técnica-CREA e toda documentação técnica.
Somos registrados no CREA RS sob o Nr. 243.654.

Sobre Para-raios ...

Assista este vídeo incrível gravado pelo INPE-Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais em São Paulo mostrando pela primeira vez o real funcionamento dos para-raios.

Funcionamento dos Para-raios Ionizante (não-radioativo) INDELEC

Prevectron3

      Como mostrado no vídeo do INPE, assim como os todos os tipos de para-raios,  o Para-raios Ionizante Prevectron3 também libera o raio conectante ascendente em direção ao raio que vem das nuvens, porém de forma ANTECIPADA quando comparado com os para-raios tradicionais.
Como ocorre isso ? Durante a formação das tempestades o Para-raios Ionizante Prevectron3 carrega seus circuitos acumuladores internos com energia elétrica estática presente na atmosfera. 
Aí, quando um raio descendente vem das nuvens em direção a sua área de proteção os seus circuitos sensores liberam ANTECIPADAMENTE a emissão do raio conectante ascendente. Esta antecipação é de alguns microssegundos quando comparado com um Para-raio tradicional, mas suficiente para que a conexão com o raio descendente ocorra em uma altura muito superior e com isso se obtém uma área de proteção muito maior
     Os Para-raios Ionizante Prevectron3 não utilizam "recursos artificiais" para o seu funcionamento, tais como substâncias radioativas. Seu funcionamento baseia-se nas características elétricas do fenômeno da formação dos raios.
Confira neste vídeo da INDELEC S.A. o passo a passo do funcionamento dos Para-raios Ionizante Prevectron3.

Como se proteger dos raios...

Nesta entrevista para a Rede Record RS o Engenheiro Eletricista sócio-fundador da SPDA Engenharia® explica a formação dos raios e como se proteger deles.

O Rio Grande do Sul é o estado com maior incidência de raios por quilômetro quadrado do Brasil.

O que NÃO FAZER em caso de temporais:

  • >> Ficar em áreas desprotegidas
  • >> Subir em locais altos
  • >> Ficar dentro ou muito próximo da água
  • >> Ficar perto de árvores ou com pés no chão 
  • >> Ficar próximo a objetos metálicos

O que NÃO FAZER dentro de casa:

  • >> Usar equipamentos elétricos ligados em tomadas
  • >> Usar celular conectado ao carregador
  • >> Tomar banho em chuveiro elétrico
  • >> Ficar próximo a janelas e portas metálicas
  • >> Falar ao telefone de fio

Normas e Legislações


     As normas técnicas da ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas não são as únicas normas que a legislação brasileira reconhece para o fornecimento de produtos e serviços em nosso país.
     A Lei Federal a Nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, ou Código de Defesa do Consumidor, no seu artigo 39 define a hierarquia de normas técnicas a serem aplicadas:
Art. 39. É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas: 
 VIII - colocar, no mercado de consumo, qualquer produto ou serviço em desacordo com as normas expedidas pelos órgãos oficiais competentes ou, se normas específicas não existirem, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ou outra entidade credenciada pelo Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro);
     Assim, para qualquer produto ou serviço que ainda não tenha uma norma  governamental específica (Normas Regulamentadoras do MTE, ANVISA, ANEEL, etc) ou uma norma da ABNT, poderá ser utilizada uma norma Certificada de uma entidade credenciadas pelo CONMETRO-Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. 
     No caso do fornecimento e instalação dos Sistemas de Para-raios Ionizantes Não-Radioativos , por não haver uma norma brasileira específica, a UL Brasil  é a entidade credenciada e acreditada pelo CONMETRO/ INMETRO que emite Certificação Específica para utilização da Norma Portuguesa NP 4426 em sistemas de Para-raios Ionizantes Não-Radioativos no Brasil.
     Por ser uma entidade privada, não governamental e sem força de lei, a ABNT não pode "proibir" ou “não aceitar” o fornecimento de produtos e serviços que ainda não tenham uma norma técnica nacional. Pois desta forma estaria interferindo no livre comércio e concorrência de mercado,  obstando e impondo barreiras restritivas ao livre intercâmbio comercial e tecnológico que existe entre os países com os quais o Brasil detém tratados de Cooperação Técnica e Comercial, e com isso impedindo o desenvolvimento e alinhamento tecnológico brasileiro com o mundo.
     Por isso na sua última edição de 2015 a norma de para-raios da ABNT, a NBR 5419, retirou a proibição que havia sido colocada INDEVIDAMENTE na edição anterior de 2005 para os sistemas de Para-raios Ionizantes Não Radioativos. 
     Nesta sua última edição de 2015 a norma ABNT NBR 5419 trata apenas dos 3 métodos tradicionais de para-raios como o Pontas Franklin, Gaiola de Faraday e o método Estrutural.  Não proíbe e nem contempla o método de Para-raios Ionizantes Não-radioativos, que neste caso é autorizada e utilizada a Norma Portuguesa NP 4426.
     Quanto ao  Corpo de BombeirosSeguradoras estes também são entidades que não tem força  para legislar e competência para definir qual sistema é (ou não é) aderente à legislação, não cabendo a eles a responsabilidade em definir qual metodologia um Sistema de Para-raios deverá utilizar.
     Para estas entidades o ponto relevante é se possuir um sistema protecional instalado e regular perante a legislação, independentemente da metodologia, com laudo técnico e ART, não cabendo a elas julgar esta regularidade. 

Fraudes identificadas em Serviços de SPDA e Para-raios

           A Proteção contra Descargas Atmosféricas é uma área da Engenharia Elétrica extremamente técnica, especializada e complexa.

          Requer que o dimensionamento, instalação e inspeção dos sistemas de para-raios sejam realizados por empresas idôneas, detentoras de registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia CREA e que tenham em seu quadro profissional engenheiro eletricista registrado como seu responsável técnico, com qualificação e habilitação para emitir as Anotações de Responsabilidade Técnica ART dos projetos, laudos e serviços prestados pela empresa.

          Algumas vezes aspectos legais, normativos e a terminologia utilizada pode não ser de inteiro conhecimento do proprietário ou do responsável pela edificação.

          Infelizmente isto tem sido utilizado por empresas de má fé que tem oferecido produtos e realizado serviços fora dos padrões éticos e técnicos, sem atendimento a Legislações e Normativos e com isso causando prejuízos financeiros, serviços desnecessários além de colocar em risco patrimônios e vidas humanas.

          A fim de evitar possíveis problemas e prejuízos a SPDA Engenharia® enumera abaixo algumas precauções a serem verificadas quando da contratação de empresas e profissionais para os serviços de projetos, instalação, manutenção e laudos técnicos de SPDA: 

Verifique se a EMPRESA:

- tem estabelecimento comercial no endereço indicado (pode ser conferido no Google Maps ou no Cartão CNPJ); 

- tem numero de telefone fixo no endereço comercial e tem e-mail próprio (e não gmail, yahoo, hotmail, etc); 

- tem Cadastro de CNPJ e REGISTRO no CREA ativos para as atividades de Engenharia Elétrica (no site do CREA RS em http://www.crea-rs.org.br  em EMPRESA/SERVIÇOS/CONSULTA REGISTRO DE EMPRESAS);

- tem em seu quadro Engenheiro Eletricista registrado no CREA como Responsável Técnico pela empresa e que supervisiona direta e presencialmente os serviços executados;
- emite Laudos Conclusivos com ART assinada pelo seu Eng. Eletricista Responsável Técnico que está registrado no CREA;
- emite informações consistentes, corretas e verdadeiras sobre Produtos, Leis, Normas e Regulamentos.


Tenha CUIDADO SE:

- a empresa informa INCORRETAMENTE que a tecnologias de Para-raios são PROIBIDAS, NÃO NORMATIZADAS, UTILIZAM SUBSTÂNCIAS RADIOATIVAS ou ainda NÃO ATENDEM AS LEGISLAÇÕES;
- a empresa elabora Laudos Técnicos inconclusivos e a preços abaixo dos de mercado visando orçar futuros  serviços de regularizações muitas vezes não necessários;
- envia laudos técnicos apenas por e-mail sem emitir ART;
- a empresa diz ter profissionais credenciados no Corpo de Bombeiros ou outros órgãos oficiais;
- a empresa se apresenta para fazer serviços, levantamentos, pesquisas ou estudos técnicos e acadêmicos não solicitados;
- cobra valores adiantados ou parcelados antes da conclusão, entrega e aceite final dos serviços;
- utiliza nomes, marcas ou logotipos similares aos de órgãos oficiais (Corpo de Bombeiros, etc);
- não utiliza os equipamentos Terrômetro DigitalMiliohmimetro Digital que são os indicados para as medições do SPDA e devem ter Certificados de Calibração válidos;
- utiliza INCORRETAMENTE  apenas os aparelhos multímetro ou amperímetro comuns usados para eletricidade e eletrônica para realizar medições do SPDA; 
- apresenta resultado de medições de continuidade elétrica de cabos ou das ferragens do concreto de  descidas inconsistentes com os  valores exigidos por norma:
- informa que a medida da  resistências de cada aterramento necessita  ser maior que 10 Ohms, o que não é necessário, pois pelas normas o mais relevante é a equalização (unificação) dos aterramentos elétricos da edificação com os aterramentos do para-raios. 
- informa períodos para inspeções do SPDA diferentes dos previstos em normas, que são:
      - 6 meses para  inspeção visual (sem  ART) podendo ser feita pelo responsável pela edificação
       - periódicas de 1 ano com ART  para estruturas com risco de explosão ou expostas a corrosão severa ou se fornecedores de serviços considerados essenciais
       periódica de 3 anos com ART para as demais estruturas. 
- utiliza termos técnicos inexistentes como "DISSIPADORES DE RAIOS", "DISSIPADORES ELÉTRICOS", "SPLITBOLTS", "RESISTÊNCIAS QUEIMADAS", "DESCARREGADORES DE RAIOS", "PARA-RAIOS ELETRÔNIOS", entre outros inexistentes.

Em caso de duvidas ligue para a SPDA Engenharia® que estaremos a disposição para consultas, esclarecimentos ou ajudar no que for necessário e sem qualquer custo.

Ligue ou envie uma mensagem para nossa equipe técnica solicitando informações ou um orçamento sem custo ou compromisso

Nome E-mail Mensagem Enviar

Contatos

Nossos clientes são muito importantes para nós. Ficaríamos contentes em receber seu contato ou a sua visita durante nosso horário comercial.

Av. Getúlio Vargas 1157 cj 1408 - Porto Alegre RS
Fones: (51) 3235-1533 - Whats: (51) 9 8404-4588  

                             PROTEÇÃO COMPLETA CONTRA RAIOS
   Instalações, Regularizações, Projetos e Laudos Técnicos de SPDA (Para-raios) para as áreas  INDUSTRIAIS - COMERCIAIS - PREDIAIS - RESIDENCIAIS 

Email: spda@spda.eng.br

Seg.-Sex.: 9h-18h
Sáb.-Dom.: Fechado